Geografia Micronacional

Geografia Micronacional da Escandinávia

Ilustração
Ponte de Öresund, ligando a Dinamarca à Suécia.

O grande território que o Reino da Escandinávia ocupa, no micromundo lusófono, é formado por muitas das terras que foram conquistadas pelas grandes expedições vikings ao longo do século IX a XI da era cristã. Inclui as regiões equivalentes aos territórios macronacionais da Suécia, Noruega, Dinamarca e Finlândia (a península da Escandinávia), além das Ilhas Shetland, no extremo norte da Escócia e as províncias de Terranova e Labrador e de Nunavut no noroeste do Canadá.

Planisfério terrestre visto a partir do Norte,
com destaque para o território micronacional nórdico.

Para fins de organização administrativa, o território micronacional nórdico é dividido em quatro macroregiões:

1. Macrorregião da Península da Escandinávia

A cidade de Lofoten na Noruega.

Berço da civilização nórdica, a Península da Escandinávia é formada pelo Reino da Suécia (centro), pelo Reino da Noruega (oeste), pelo Reino da Dinamarca (sul) e pelo Principado da Finlândia (leste).

Mapa da região da Península da Escandinávia

2. Macrorregião das Ilhas

Ilustração
A fantástica Cachoeira Bøsdalafossur na Ilha de Feroe.

A menor das macrorregiões nórdicas no que diz respeito ao território seco, ela é composta pelas ilhas que ao norte da região da Grã-Bretanha, as quais foram conquistadas pelos navegadores nórdicos. A Islândia, as Ilhas Faroe e as Ilhas Shetland.

Macrorregião das Ilhas

3. Macrorregião da América Nórdica

Litoral de Markland, na América Nórdica.

Formada pelas regiões que receberão expedições vikings no nordeste da América do Norte durante o período do século X, incluindo a Groenlândia e as províncias canadenses de Nunavut e Terranova e Labrador.

Macrorregião da América Nórdica

%d blogueiros gostam disto: