Fala do Trono sobre I Expo Cultural da Escorvânia e Escandinávia

Reino da Escandinávia

COROA DOS NÓRDICOS

Palácio dos Bravos

FALA DO TRONO

Fala do Trono de Sua Majestade o Rei Bjorn IV Nyttland sobre a I Exposição Cultural dos Reinos da Escorvânia e Escandinávia.

Saudações do Norte.

O último final de semana do mês de outubro foi marcado pela realização da I Exposição Cultural dos Reinos da Escorvânia e Escandinávia, a qual aconteceu concomitantemente em Oslo e em Belen, e demonstrou que duas culturas aparentemente tão diferentes possuem muito em comum.

Especialmente no mundo micronacional, as históricas relações entre o Norte e o Oriente são muito estreitas. Quando o projeto nórdico era ainda um embrião, nossos pioneiros encontraram no Kfah Abbas I o primeiro apoio internacional, manifestado na forma de seus sábios conselhos e de seu pronto reconhecimento ao então Principado de Terranova. Mais tarde, o estreitamento dessas relações possibilitaram a abertura da mesquita dedicada ao Profeta Nuh (Noé) em terras terranovanas. Centradas na cordialidade, na solidariedade e, acima de tudo, na defesa intransigente de um micronacionalismo mais coexistente, as relações bilaterais entre o Reino da Escorvânia e o Reino da Escandinávia prosperam, construídas sobre as sólidas bases da amizade e do respeito.

Esta exposição conjunta é o sinal inconteste de que nórdicos e escorvaneses estão irmanados e caminham juntos pelas veredas micronacionais.

Ainda neste sentido, procederemos a troca formal de embaixadas e serão estabelecidos os mecanismos protocolares específicos de geminação entre as cidades de Oslo e Belen, estabelecendo laços mais estreitos e mais harmônicos de cooperação política, cultural, econômica e social entre a própria Escandinávia e a Escorvânia através dessas cidades. Em tempo, faremos também o trânsito da Mesquita do Profeta Nuh, atualmente em Terranova, para a cidade de Oslo, selando simbolicamente os laços entre as novas cidades gêmeas.

Por fim, ressaltamos o empenho e o trabalho da Chancelaria e do Departamento de Estado, além dos diversos cidadãos nórdicos, que participaram ativamente da organização de cada um dos eventos e debates desta I Exposição Cultural dos Reinos da Escorvânia e Escandinávia. A todos vocês, nossos mais sinceros agradecimentos!

Ao nosso aliado, amigo e irmão, o Kfah Abbas I da Escorvânia, deixamos nossa homenagem, nossa hospitalidade e a certeza de que Vossa Majestade sempre terá uma lareira quente para recebê-lo nas Terras do Norte.

Dado no Salão do Trono do Palácio dos Bravos da cidade de Estocolmo, capital das Escandinávia, aos 31 dias do mês de outubro de 2021, terceiro do nosso reinado.

Sua Majestade o Rei

Bjorn IV Nyttland

Rei dos Nórdicos e Protetor do Norte

Você pode gostar...

%d blogueiros gostam disto: